Sunday, August 09, 2009

Quando respirar

O concurso de fotografia de árvores, promovido pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, ofereceu mais uma oportunidade de olhar para a cidade a partir de outro ponto de vista. E reencontrar belezas silenciosas ali onde um dia se olhou para mais além, no engasgo de problemas com que não se sabia lidar, de ameaças que se faziam insinuar, sem saídas.

Nesse caminho elas são mais que paisagens. Absorvem, com generosidade, o sopro das aflições de quem mal consegue contemplar e inspiram. Derradeiramente inspiram.

::

foto: detalhe de praça-mirante na rua Cerro Corá, no Alto da Lapa, São Paulo, por Ricardo Imaeda

1 comment:

Capi Vitae said...

árvores ... a forma mais perfeita de purificação da Natureza, essa é bem bonita, deve ser bem velha também ... rsrsrsr